sábado, 9 de fevereiro de 2019

Meridiano 28

Olh'ó livro fresquinho!



Romance de Joel Neto, escritor e cronista natural da ilha Terceira, nascido em 1974.
Neste romance, o autor dá conta da convivência pacífica de ingleses e alemães na ilha do Faial, durante a II Guerra Mundial:

«Em 1939, o mundo entrou em guerra. Foi o conflito mais mortífero da história da humanidade. Mas, na pequena ilha açoriana do Faial, ingleses e alemães conviveram em paz durante mais três anos. Eram os loucos dos cabos telegráficos.

Do mar em frente emergiam os periscópios de Hitler. Dezenas de navios britânicos eram afundados todos os meses. Já em terra, as crianças inglesas continuavam a aprender na escola alemã, dividindo as carteiras com meninos adornados de suásticas. As famílias juntavam-se para bailes e piqueniques. Os hidroaviões da Pan American faziam desembarcar estrelas do cinema e da música, estadistas e campeões de boxe. Recolhiam-se autógrafos. Jogava-se ao ténis e ao croquet. Dançava-se o jazz. Viviam-se as mais arrebatadoras histórias de amor.»

Por vontade expressa do autor, este livro não segue a grafia do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Apresentação do livro Pé Descalço

A Biblioteca da EBSP recebeu, no passado dia 15, a visita de Ricardo Frade, autor do livro Pé Descalço: da Suécia a Portugal sem um Tostão. Durante esta visita, o autor encontrou-se com alunos do 9.º ano e do ensino secundário, dando-lhes a conhecer a experiência pessoal em que se baseou para a elaboração do livro e passando a mensagem de que, quando queremos alguma coisa, temos de fazer por isso, não podendo esperar que aquilo que pretendemos nos caia do céu.
Além de escritor, Ricardo Frade é um reputado conselheiro financeiro, ajudando pessoas e empresas a gerir melhor investimentos e poupanças, é coach, tendo ajudado dezenas de pessoas a balancear as suas vidas, empresas e carreiras, através dos seus conhecimentos e experiência nas áreas da psicologia, pedagogia e coaching; e speaker, partilhando as suas ideias e “provocando” o crescimento de participantes de uma série de palestras, do “Ignite Portugal”, em 2012 e anos seguintes, ao “Startup Pirates Coimbra” e à conferência para jovens “Começar Hoje” (da qual é co-fundador), com públicos de algumas centenas de pessoas. Tem também desenvolvido trabalho social, não só como família de acolhimento de crianças temporariamente retiradas das suas famílias de origem, mas também como colaborador da Mundos de Vida, uma organização que tem como missão afirmar os direitos e responder às necessidades das crianças, das pessoas seniores e das suas famílias.
As qualidades de Ricardo Frade como orador foram bem visíveis neste encontro, tendo ele cativado a audiência de forma entusiasmante.